Menu

Notícias


Tradição e gostosura nos 52 anos do Tio Pepe


Tradição e gostosura nos 52 anos do Tio Pepe

A tradição é algo que sempre faz a diferença quando o assunto é restaurante. O Tio Pepe está aí comemorando 52 anos de existência e tem como segredo do sucesso boa gastronomia, atendimento diferenciado e ambiente inconfundível. Nessa trajetória, a casa se apropria de um estilo contemporâneo com sabor regional com o objetivo de resgatar o hábito de apreciação optando por um estilo“Slow Food”.

Quando o assunto é o que se serve, o cardápio da casa é extremamente variado e atendendo a pedidos das clientelas nova e antiga, o Tio Pepe está ampliando as opções e apostando em novos preparos com peixe e outros frutos do mar.

Nas novidades, os pasteizinhos de camarão, costelinha e carne seca fazem as honras da casa e entram como opções de entrada. No prato principal, a Moranga Tropical promete ser uma das queridinhas. O jerimum inteiro vai ao forno, recheado com camarões ao molho de manga e leite de coco. As paredes da abóbora viram o purê que acompanha o arroz branco.

O Camarão Pitanga também é novo no cardápio. Nele o crustáceo é servido no molho agridoce de pitangas ao vinho branco. Acompanha risoto de pasta de brócolis e batatas salteadas com salsa. Tanto a Moranga Tropical quanto o Camarão Pitanga servem bem duas pessoas.

Outro que veio para roubar corações é o Bombom de Bacalhau, que chega à mesa embalado no papelote no qual foi cozido. E para fechar as novidades no cardápio de peixes, o Salmão Joiniesen, grelhado com molho e mulsificado de mostarda Dijon e vinho branco acompanha batatas no vapor e vagem refogada. No menu de carnes, o Beef de Chorizzo, corte de angus na brasa, chegou para ficar. Tanto os peixes quanto a carne são porções individuais.

Fonte: Revista malagueta