Menu

Notícias


Meia idade com tudo em cima e menu novo


Restaurante tradicional da Zona Sul, Tio Pepe acrescenta novos pratos no cardápio depois 50 anos

Tio Pepe existe há impressionantes 51 anos. Ainda mais notável do que a idade da casa é saber que, nesse mais de meio século de funcionamento ininterrupto, o cardápio nunca passou por uma reformulação expressiva. Até 2016. Mas, calma. Os pratos antigos e mais do que queridos continuam por lá e devem encantar, ainda, muitas gerações de frequentadores. A pedido da clientela - nova e antiga -, no entanto, o restaurante ampliou a gastronomia, conhecida pelas carnes, e investiu em novos preparos com peixes e frutos do mar.

Certamente, a moranga tropical (R$ 81) vai ganhar o coração mesmo daqueles resistentes a mudanças. O jerimum inteiro vai ao forno, recheado com camarões ao molho de manga e leite de coco. Na mesa, o comensal se serve do creme e raspa as paredes da abóbora para aproveitar o purê. Acompanha arroz branco e serve satisfatoriamente três pessoas. O camarão pitanga (R$71) tem molho agridoce da fruta, leva vinho branco e é guarnecido por risoto de brócolis e batatas salteadas com salsa. O bom-bom de bacalhau (R$ 58) é divertido de comer, já que chega à mesa embalado no papelote - amarrado nas pontas - no qual foi cozido.

Grelhado com molho de mostarda Dijon e vinho branco, o salmão acompanha batatas no vapor e vagem refogada. Apesar das novidades serem, majoritariamente, domar, omenu de carnes ganhou reforço com um corte nobre: bife de angus na brasa e batata (R$ 44). De sobremesa, vá de doce de leite bêbado. Não é novo, mas é que a gente adora um clássico.


Fonte: Folha de Pernambuco